Receita de prosperidade

Para aqueles que apreciam gastronomia italiana com uma pitada de encantamento, todo dia 29 é dia de comer nhoque, o gnocchi della fortuna – ou nhoque da sorte – tradição trazida pela colônia italiana.
As suculentas massinhas feitas de batata e farinha podem estar cobertas de molho ao sugo ou de outro molho de sua preferência e segredos de felicidade.
Nhoque de ricota e berinjela defumada receita aqui
A simpatia que é muito conhecida consiste em servir a massa com uma nota de dinheiro (ou moeda) debaixo do prato na data certa.
Diz a lenda diz que um nobre entediado com a vida de prazeres e fortuna, certo dia encheu um saco com moedas de ouro e saiu pelo mundo. Caminhou muito, gastando o tesouro aqui e ali. Passado algum tempo tinha a aparência de um mendigo; andava maltrapilho, não fazia a barba e não tomava banho.

Sem dinheiro, cansado, faminto e desistindo da vida, avistou um casebre no meio de um vale, bateu a porta e pediu comida.
Um camponês acolheu o pedinte, ofereceu-lhe um banho e um prato modesto, feito a base de batatas, mas que certamente restabeleceria as forças do viajante.
Receita tradicional batatas, farinha e ovos
Durante o banho o nobre descobriu entre seus trapos uma ultima moeda de ouro. Depois de se fartar de nhoque com molho de tomates, decidiu recompensar o camponês. Ofereceu o dinheiro que foi recusado. Ofereceu seus serviços na lavoura, mas também não foi aceito.


O generoso anfitrião explicou que o ajudara por mero prazer. O nobre resolveu então, esconder a moeda sob o prato e seguiu seu destino.
Pouco depois o camponês encontrou a moeda de ouro e, a partir de então, ele prosperou na vida. Assim se estabeleceu a tradição do gnocchi della fortuna.

Para quem não sabe, não quer ou não tem tempo de colocar literalmente a mão na massa, existe no mercado ótimas massas pré-cozidas que só dependem de um delicioso molho de tomates, que você faz num estante.
Tomates prontinhos para fazer o molho de sua preferência
Quanto às receitas do verdadeiro nhoque feito em casa, aconselho a pesquisar junto com São ao São Google. Por lá você encontra uma receita melhor do que a outra. 
A idéia das fitinhas – para lá de criativa - é da Pink Wainer, artista plástica descoladíssima que atualmente em parceria com Xico Sá e Zuca Pinheiro idealizaram a (loja conceito) Loja do Bispo
Fiel a historia, na casa da minha avó materna ela mandava a gente comer os sete primeiros nhoques em pé, fazendo pedidos. Depois, é só pegar a moedinha e oferecer a primeira pessoa necessitada que encontrar pela frente.
 

Acredito nessa lenda porque quando as pessoas são generosas recebem generosidade de volta.

Se não der para comê-lo hoje, não deixa de ser uma boa pedida para o final de semana.
Bom final de semana a todos e com votos de que São Google cuide de nós!

Ah, li por ai que a oração é tão poderosa que promete trazer a pessoa amada em até três dias.

A primavera das Casas Possíveis

Recebi a benção, não me perguntem por que, de conviver diariamente por bons anos com a natureza muito de perto mesmo. E eu posso garantir de que não existe possibilidade de você não se encantar e sentir.
Bom, hoje quero falar de flores e folhas presentes na natureza que rendem belos arranjos - Para um olhar mais desatento parecem que já estão sem vida.
Fique de olho; muitas delas se bem usadas mantém beleza em suas formas e tem seu charme.Quer ver:
É o que acontece quando usamos simples galhos secos para decorar algum cantinho!
Retirado de uma caçamba de lixo após a poda. Está firmão até hoje na minha casa.
Galhos

 na minha rua em São Paulo
de galho em galho
Com apenas uma flor singela que você pega de um galho na rua - Pronto!
Quem pode dizer que a primavera também não está por aqui?
Este arranjo é meu presente inspiração para a Katia Casos e Coisas da Bonfá que hoje (27 segunda) completas suas PRIMAVERAS! Parabéns mais uma vez querida Katia.
A Katia adora decorar mesas e por lá já aprendi receitas incríveis de como receber bem e com criatividade.
A decoração da mesa vi no blog da Juju
Quem não tiver cão...Meu caso abaixo...
Jantar a luz de velas em Mauá
Porta da Cozinha
Primavera com reciclagem
O painel com as flores ecológicas criado pela mãe da Carol Madame Morgana – Para mostrar aos alunos da escola municipal onde ela trabalha que é possível levar flores para casa reciclando.

Advinhem o que ela usou pra compor esse painel? Giz de cera pro colorido, folhas brancas e... Rolos de papel higiênico. Amei isso!
Folhas Secas
Veja o PAP aqui
Flores são flores e esse quadrinho é da Verô
Depois de tantos anos em meio a natureza, passei a observá-la com os olhos do coração.
 Linda Semana a todos.

Inspiração, criativa e possível

Lembra daquela mala enorme que guarda velhas fotos e algumas quinquilharias da família?
Estou mais uma vez postando por aqui idéias para ajudar a exercitar a criatividade e sobre o quanto a natureza precisa que nos desculpemos por tudo de errado que temos feito ao longo dos anos. Deus sabe quantas coisas bacanas passaram pelas minhas mãos e eu não enxergava os tesouros que estavam guardados.
Pode não parecer, mais se pararmos para pensar um simples objeto, seja ele grande ou pequeno, que ao invés de virar lixo pode virar uma nova peça decorativa.
Se olhar atentamente, ao invés de ir para o lixo, muitas peças poderiam estar decorando a sua sala ou outro espaço de outra pessoa!
Ao recuperar ou reaproveitar de alguma forma, objetos, móveis, aquele calçado cuja cor já não está mais na moda, enfim qualquer coisa que tenha é lógico, condição de ser reaproveitada, estamos fazendo um pouco daquilo que deveria ser feito sempre, por todos.
guirlanda de kinkas de antigos brinquedos
cabides antigos para saias
cabides de madeira pintado
cabeceira com crochê
Toalhas antigas
Uma forma charmosa de pendurar moldura antiga
sapatilhas de balet
Moldura com espelho
Moldura com botões e bijuterias velhas
Sabe aquele vestido lindo, que foi de sua mãe, ou mesmo de sua avó, que você não vai usar nunca, mas não quer se desfizer dele? Ele pode ser usado na decoração. Pode servir como cortina em uma janela, ou ser usado no lugar de quadros.
O vestido serve como elemento de cor em um ambiente. Não precisa nem ser vintage para ser decorativo basta uma camisetinha colorida para dar vida a um móvel ou parede.

Ao lado de outros quadros (mesmo sem moldura),o vestido ganha status de obra de arte.
Quem já experimentou aproveitar coisas descobre o quanto é surpreendente e gratificante o resultado imediato que se pode alcançar dando cara nova às coisas velhas, sem contar que está sim colaborando com as causas ambientais.

Garimpar peças antigas como vestidos de renda, anáguas, saias de baile, bolsinhas de mão feita de palha e acessórios saídos do baú da vovó fazem sucesso. Sem dúvida, os brechós são os melhores lugares para quem busca originalidade.

Coisas exclusivas ou de época tanto faz, mas todas com significados, cheias de histórias que certamente parecerão mágicas e encantadas.
Invente a sua!


Visualizações

Arquivo

Categorias